Notícias

Cricut ou Cameo?

Espero que tenham aproveitado bem as férias!

As minhas foram ótimas e pude reorganizar todo o meu espaço,meus materiais de scrap. Tudo andava muito bagunçado.

Mas hoje quero escrever sobre o assunto de máquinas de recorte.

Muita gente tem me mandado emails perguntando sobre que máquina deve comprar.

Já mostrei várias coisas que fiz com a minha Cricut, que diga-se de passagem, adoro!

Recentemente comprei uma Silhouette Cameo pois muito se tem falado sobre ela.

Estou esperando a chegada dela para poder ver as diferenças entre elas,pois só pelo que já li a respeito, são várias!

Não vou me desfazer da minha Cricut e muito menos aposentá-la!

Mas vamos lá!

A Cricut a meu ver é uma boa máquina desde que não seja vinculada somente ao seu uso com cartuchos.

Tenho o programa SCAL2 e também o MTC e sem eles seria difícil trabalhar. Eles possibilitam criações infindáveis.

A questão toda é que depois do processo dos fabricantes da Cricut sobre os desenvolvedores destes dois softwares, eles não são mais compatíveis com nenhum tipo de máquinas por eles produzidas.

Quem comprou antes de sair o resultado do processo ainda pode usar o SCAL2 e o MTC, que está sempre sendo atualizado, e é um EXCELENTE programa.

Já o SCAL2 não tem mais atualização.

A Silhouette por sua vez, tem o seu studio e mais recentemente foi lançado o SSD (Silhouette StudioDesign).

Enquanto com o SCAL e o MTC se consegue abrir arquivos SVGs (arquivos vetorizados), já com o Studio da Silhouette isto não é possível.

Só se consegue abrir SVGs com a versão do SSD que é pago.

Para quem tem o SCAL2 e comprar uma Silhouette, vai poder usar o SCAL3 (que foi desenvolvido para ser utilizado com outras marcas de máquinas) de forma gratuita.

O MTC recentemente criou um plugin especial para a Silhouette Cameo.
Sendo assim, vocês poderão usar seus arquivos SVGs e eu, tenho um montão deles!

A Silhouette por sua vez tem uma função de Print&Cut que vai permitir que se corte com precisão, arquivos impressos.

Já a Cricut, com o SCAL2 tinha esta função mas não funciona de maneira adequada.

Esta foi uma das razões que me fizeram comprar outra máquina.

Estou lendo tudo o que diz respeito a esta minha última aquisição e pude constatar que enquanto a Cricut possui lâminas para cortes normais ou profundos com suas respectivas houses(suportes da lâmina), a Silhouette Cameo vem com somente uma “catraca” com a respectiva lâmina já inserida e que não dá a possibilidade de trocar somente a lâmina. Tem que trocar tudo!

Se ela “entupir com papel”, coisa bem fácil de acontecer pelo que vi, principalmente no início, quando ainda se está testando os cortes, os tipos de papéis, não tem como retirar a lâmina e fazer a limpeza.

Dá para fazer mas com muito cuidado pois ela quebra fácil!

Já com a Cricut tenho a liberdade de trocar só a lâmina quando ela estiver sem fio.

Não li nada a respeito desta quebrar, nunca em todo o tempo que tenho a minha (desde 2008).

Há também a questão de lotes de lâminas nos quais foram constatados defeitos e que tiveram que ser trocadas pelos revendedores.

Outra questão é o Mat de corte que não é muito baratinho não. Mas poderá ser recondicionado assim como o da Cricut.

Tanto os mats de corte da Eclips (estes bem mais em conta) quanto os da Cricut podem ser usados, desde que se façam algumas adaptações.

Quando receber a máquina poderei opinar mais sobre elas. Por enquanto são estas as considerações que tenho a fazer sobre as duas.

Espero que ajude quem tem dúvidas!

Já recebi emails de quem dei  a sugestão de ATUALMENTE ser mais vantajoso comprar a Cameo e que estão muito satisfeitas e adorando!

Espero poder dizer o mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *